NOTÍCIAS

Vânia Reis não é mais Coreógrafa do Casal da Mocidade

Em publicação nas redes sociais, Vânia Reis, informou que não é mais Coreógrafa do Carnaval de Mestre-Sala e Porta-Bandeira da Mocidade Independente de Padre Miguel, Diogo e Bruna, além de não estar mais na Comissão de Carnaval. Agora, a Escola conta com Mauro Amorim, que estava na Imperatriz Leopoldinense no Desfile deste ano, para ser o Diretor de Carnaval.

“Por mais que fosse uma Coreógrafa experiente, era o pavilhão, era um quesito! Um casal desacreditado, que foi muito criticado, vaiado na apresentação, mas que com muito trabalho, amor, dedicação e garra, conseguimos três notas dez logo no primeiro ano, calando a boca dos que criticavam, transformando-os em fãs. De vilões viraram os queridinhos da Escola. Em 2023, Carnaval que nem gostamos de comentar, as três notas 10 salvaram a Escola de um rebaixamento e não falo isso com orgulho, pois é um lugar que jamais quero voltar a te ver minha Mocidade! E chegamos ao Carnaval de 2024 e novamente um grande desafio! Além de coreografar os três casais, ser Diretora Artística da Escola, recebi a confiança em fazer parte de uma Comissão de Carnaval. Que presente! Que desafio! Que aprendizado! Uma pena que não se estendeu dentro da nossa própria Escola, onde deveria ter sido abraçada e motivada por eles. É claro que tive o carinho e respeito de muitos, mas infelizmente, muitos que se dizem ‘Mocidade’ torciam para que a Comissão de Carnaval desse errado. Não deu! Entregamos o nosso carnaval! Então, na certeza do dever cumprido e sabendo que tudo nessa vida passa e que a cada período nos renovamos, mas que esse mundo gira, me despeço deste Pavilhão amado. Até qualquer dia! Na certeza de que existe uma grande diferença entre ‘estar e ser! Hoje não ‘estou’ mais fazendo parte de nenhum cargo, mas ‘sou’ e sempre serei Mocidade! Mas também sou uma profissional da arte, da cultura, da dança e do Carnaval”, disse Vânia Reis.

Foto: Reprodução/Redes sociais

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
EXPEDIENTE