TUDO SOBRE O MUNDO DO SAMBA

Editorial

Dizem que a “vida” só começa depois que o Carnaval acaba. Talvez para um grupo de pessoas que não tenha ligação direta ou indireta com a festa mais popular do planeta. A maior ópera em céu aberto do mundo. A famosa “Dança das Cadeiras” começou ainda na apuração das notas do Grupo Especial. Acho super normal que isso ocorra. Porém, o bom senso tem que prevalecer sempre. A volta de Renato Lage à Mocidade Independente de Padre Miguel, além da questão emocional que representa para seus torcedores. É sem dúvida um Carnavalesco experiente e vencedor. A Mocidade precisa desse momento. Já não entendo apesar de respeitar a decisão do Salgueiro. Sinceramente, não vi nada que justificasse a saída de Emerson Dias. Ou será que alguém duvida que a privilegiada voz do Emerson não tenha ajudado a contribuir para que o belo samba do Salgueiro tenha gabaritado ?

Moleque Silveira
Previous
Next
Podcast
Notícias
Apoio Cultural
EXPEDIENTE
*Fica registrado que todos os envolvidos neste site, e os demais que por ventura chegarão, são colaboradores, sem qualquer vínculo empregatício